Teimosinha da Estrela

Teimosinha da Estrela

Pode me chamar de teimosinha da estrela, mas eu insisti na ideia do planner. Depois do peso na consciência de ter gasto R$150 em porcarias (em minha defesa, R$80 foram num set maravilhoso de canetas), fiz o que devia ter feito antes: tentei ver as coisas por outro ângulo.

Percebi que não, eu não precisava de um fichário. Mesmo os menores fichários ainda são grandes e desajeitados, não cabem na bolsa. E eu nem quero carregar todas as contas do mês comigo. Não para de chover nessa cidade e tudo molha. Não faz sentido.

Daí tinha o problema da visão semanal, que realmente ajudava e não queria abrir mão. Em todos os planners bonitos que vi, ela é na vertical. Mas esses planners são A4 né? Eu queria um menor. Aí não cabe, as colunas ficam apertadas demais. Resolvi com os dias na horizontal. Tem espaço suficiente em um caderno A5, uso a semana de segunda a domingo, poucas linhas cada, e sobra espaço para um todo list sem data (que é importante também).

Acabei caindo no Pinterest onde achei umas inspirações bem interessantes, e todas acabavam no Bullet Journal. Tudo que você precisa é um caderno. Pode ser com pautas, quadriculado, pontilhado ou sem nada. Papel é bom. Tem espaço e não tem limitação.

IMG_6457

Na primeira página você coloca os dias do mês com o dia da semana na frente e o que vai acontecer. Depois, os dias da semana. Aí varia: eu gosto de delimitar meus dias da semana, assim eu lembro que eu sou uma pessoa que tem limites e não pode fazer tudo que anota; no método Bullet Journal, eles não delimitam. Vai de você. Faça o teste. Uma semana de um jeito, outra de outro.

Hoje eu marco o dia e o dia da semana e meus afazeres, mais algumas notas do dia-a-dia. Mas gostei muito desse esquema das horas, pode ser útil.

IMG_6458

Com esse caderno só mantive no WunderList as listas de supermercado, porque são compartilhadas com o marido e é o jeito mais fácil. Talvez eu use para o trabalho também, mas no geral eu gosto de me manter organizada em um lugar só. Por isso fiz a aba do Blog também. Coloquei ideias de posts e montei um calendário editorial para novembro e dezembro.

Tô pegando esses dois meses de teste para fazer um planner bem legal em 2016. Esse ano foi uma bagunça e isso me deixa aflita, mas ano que vem vou ter uma visão melhor das coisas. Sinto falta, por exemplo, de uma área de receitas. E uma área de séries, para marcar em qual episódio eu estou. Fatalmente vou precisar cair na agenda financeira também. Pra isso tudo, o caderno quadriculado me ajudaria mais.

Inclusive, a lista de tarefas funciona até hoje. Então é possível manter esse ritmo. O importante é lembrar de manter tudo simples e que a satisfação de manter não é de organizar a lista, mas de cumprir os objetivos.

One comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *