Archive Tag:bullet journal

Como manter agendas e bullet journals

Mais uma vez estamos aqui dando dicas de como continuar usando agendas e bullet journals. Porque começar é fácil: vem toda aquela empolgação de caderno em branco, novinho, canetas novas para usar, inspirações a rodo do Pinterest. Mas aos poucos a vontade vai passando… E você nem lembra mais que tinha uma agenda.

Estou firme e forte na minha agenda esse ano e tenho algumas dicas que podem te ajudar a continuar se organizando:

Tudo no mesmo lugar

Não funciona você ter um caderno com daily tracker, um caderno para sua casa, um caderno para o escritório… Quanto menos lugares você tiver para olhar e manter, melhor.

Eu uso dois cadernos, entretanto: minha agenda semanal e um diário de tópicos. Esse diário não tem nada de organização nele. É apenas um diário de frases que vão acontecendo durante o dia, e anda sempre comigo. Minha vida mesmo está na agenda. Ela comporta meus compromissos do trabalho, de casa e meus próprios, além de todo-lists e outros dados que preciso para completar minhas tarefas (telefones médicos, endereços, códigos de viagens, etc).

Ainda tenho, na mesma agenda, uma folha de daily tracker mensal – que me ajuda a estabelecer novos hábitos e ter um registro de como anda meu corpo e minhas emoções. Sou obrigada a olhar essa folha todos os dias, e assim me lembro de atualizá-la.

IMG_20160520_095641330

Simplifique códigos

É muito lindo ter um código para cada coisa e uma cor para cada coisa, mas na prática isso deveria servir para simplificar e não complicar mais. Como lembrar de todos os 15 códigos que você determinou em janeiro? Na pressa, a gente usa caneta azul e vai com fé.

Uma coisa que funcionou pra mim foi usar um código de cores com marca-texto, que eu posso passar por cima do que escrevi com a primeira caneta que vi pela frente. E, para lembrar do que cada código significa, coloquei na própria caneta uma etiqueta com o significado. Pronto, agenda unificada.

IMG_20160520_095726284

Sempre com você

Ter uma agenda ou caderno e deixar em casa fica bem bonito na estante, mas o mundo real não é assim. Essa agenda é o ponto zero da sua vida. Você tem justamente porque não confia no seu cérebro para lembrar o tempo todo o que você precisa fazer. Portanto ela precisa ir com você para todos os lugares.

Você não precisa, entretanto, levar todas as suas washi-tapes, canetas coloridas, corretivo, etc. A agenda e uma caneta azul são o suficiente. Ela existe para ser usada: você pode enfeitar depois.

Você não precisa de uma agenda nova

Planners são bem legais mas são CAROS. Moleskines são legais mas são caros. Você não precisa entrar em um financiamento para se organizar. Qualquer caderno serve. Eu prefiro os sem pauta ou com pauta quadriculada: tem várias marcas mais acessíveis e de grande qualidade.

A ideia do bullet journal é ser meio que um diário, você ir preenchendo durante os dias que virão. Eu gosto disso para manter um log do que fiz, mas não para me organizar para o futuro. Para isso prefiro um caderno ou agenda com visão semanal. No pinterest é fácil achar várias inspirações para fazer versões semanais de cadernos sem pauta ou com pauta quadriculada.

Se você se dá bem com o mundo digital e não quer gastar árvores, fiz um modelo de bullet journal para planilhas do google. Nele você pode marcar tudo que vai fazer e deixar registrado o que já fez, por abas semanais. No dia-a-dia, o papel me atende melhor.

indice

Não siga regras

Agora pegue tudo que escrevi aqui, guarde em qualquer lugar do seu cérebro e vá fazer as coisas do seu jeito. Cada pessoa tem uma vida, uma forma de se organizar e tarefas diferentes. Procure inspiração, mas não se frustre por não fazer igual. Sua vida, sua agenda, suas regras.

Lembre-se, entretanto, que você é um ser humano. Que você cansa. Cuidado para não colocar coisas DEMAIS numa mesma semana. Prefira a certeza de uma tarefa cumprida que a frustração de uma todo-list longa demais 😉