Ferramentas de organização e produtividade

Sou obcecada por organização. Eu adoro organizar, catalogar, documentar códigos e programas… Eu gosto mais do processo de organizar as coisas do que de fazê-las de fato. Já usei diversos métodos de organização e outros montes de programas, já usei post-its, quadros brancos, agendas de papel e tudo que você pode imaginar.

Por isso eu sei que essas dicas não são definitivas nem absolutas. Elas são algumas ferramentas que funcionaram pra mim, aliás: que estão funcionando pra mim há umas duas semanas. Por funcionando, leia-se que com elas não esqueço o que preciso fazer, a ordem que preciso fazer e tenho mais tempo para fazer mais coisas. (basta notar o Diário de Bordo com post todos os dias há duas semanas /o/)

Então vamos lá:

Wunderlist

Estava tudo bem no trabalho enquanto eu tinha um projeto só. A gente usa um gerenciador de tasks, o Taiga, que divide as tarefas por sprints e cria um papelzinho para cada um. Se eu precisasse fazer estava em “to do”, fazendo em “working” e feito em “to test”, onde alguém passaria para “done” ou “to do”, dependendo do resultado. (Essa é minha forma favorita de organização).

Mas aí comecei a trabalhar em diversos projetos fazendo muitas coisas diferentes (hoje faço wireframes, textos, e-mails e front-end) e comecei a me perder. Fora os favores, né, que acontecem. Vi que meu colega tinha um programa de todo-list e era o Wunderlist.

Ele é grátis, ele permite criar diversas listas e mantê-las só com você ou compartilhar com amigos (criei uma “supermercado” e compartilhei com Eduardo, por exemplo), e organizar as listas por grupos. Tem aplicativo para chrome, site e para celular também. É leve e intuitivo.

Com ele organizo o que preciso fazer de freelance, na empresa e as pautas aqui pro blog. Então não importa onde a ideia venha, como estou sempre com o celular por perto, é só adicionar. Tem me ajudado muito a não esquecer tarefas sem data. (para a agenda mesmo, nada supera o Google Calendar para mim).

wunderlist

Toggl

Me mostraram o Toggl como um exemplo do tutorial de introdução dele, mas achei a ideia tão bacana que comecei a usar. Odeio preencher timesheet (como qualquer ser humano), mas o Toggl faz a tarefa de marcar tempo de tarefas simples, intuitiva e ouso dizer: divertida.

Com um sistema gamificado de badges, conforme você usa vai liberando novos achievements. Você pode separar cada tarefa por cliente e categorias (no modo pago, dá para colocar um valor para cada tarefa e ela conta por hora). Depois isso vira gráfico e relatório. Você consegue ver com clareza onde está gastando mais tempo e o que anda fazendo.

A extensão para o Chrome é espetacular. Tem um botãozinho do lado de cada tarefa do Wunderlist, por exemplo: basta clicar e ele começa a contar o tempo com aquele título. Tem do lado de cada tarefa do Taiga, também. E claro, no próprio site.

Conseguir ver por onde meu tempo estava escorrendo me deu controle sobre ele.

toggl

Bônus: Trello

Eu usei bastante o Trello. A ideia é excelente: criar painéis com colunas, e dentro de cada coluna uma tarefa. Ele mesmo dá diversos exemplos de como montar esses painéis.

trello

Nem lembro porque parei de usar  Acho que isso pode acontecer com os outros dois aí em cima, né? Mas vai que alguém acha útil? 

4 comments

    • Usei o Rescue Time por um tempo e de fato, ele é ótimo para saber onde seus minutos escorrem, mas não curti para marcar o tempo que eu uso para cada tarefa. Nisso o Toggl me serviu melhor, porque às vezes programar algo não é só o tempo que passo na IDE ou no browser. Obrigada pelas dicas <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *