Encasquetei com Planners

Encasquetei com Planners

Desde a semana passada, no Relatório de Voo, tô vendo e babando em planners. Elas são agendas turbinadas, onde nas páginas abertas você tem a semana toda e consegue visualizar o que precisa ser feito. Além disso, ainda é uma desculpa excelente para comprar adesivos, canetas e outras coisas lindas.

Só que estamos em fucking setembro e eu fiquei “ah ano que vem vou fazer o melhor planner da década!” mas aí pensei de novo e pra quê esperar? Então resolvi começar um planner. Agora. Em setembro. Porque eu sou ansiosa.

Como ansiosa, minha cabeça não para. Estou sempre fazendo mil coisas ao mesmo tempo, não terminando nada e me frustrando com a sensação que fui dormir sem conseguir viver. Aí fui fazer tratamentos energéticos porque, gente, não é possível uma sagitariana com ascendente em áries (e lua em aquário) estar sempre cansada.

Mas se tem uma coisa que aprendi em 2015 é que se você quer as coisas feitas, você precisa pegar uma coisa e não fazer outra até terminar a tarefa. Porque sempre tem aquele ponto chato da tarefa, aquela hora que você fala “vou só dar um alt-tab mental aqui rapidão” e aí passam horas e você faz outra coisa e não termina nada.

O planner entra aí. Eu estava me organizando com o Wunderlist, que é bem legal e funciona, já que só passo para outra tarefa depois de dar check na que estou fazendo – e sei o que estou fazendo. Mas ele não tem adesivos nem canetas coloridas.

Infelizmente uma coisa que eu não tenho agora é R$420 (juro por Deus) para desembolsar em um planner. Adoraria ter. Tenho? Não tenho. Com esse dinheiro faço supermercado por um mês e bem, até a última vez que chequei, comida > agenda.

(também tem um mais baratinho mas não quero esperar janeiro chegar, como já disse).

O que eu tenho, entretanto, é tempo, alguns trocados, um dedinho bom pro Google e alguma paixão por caderno + régua + canetinha.

O que preciso:

  • fichário pequeno: precisa ser fichário para ter mais liberdade em adicionar e mudar folhas. Precisa ser pequeno porque já odeio andar com bolsa, bolsa grande então não vai rolar, e isso precisa ir de casa pro trabalho.
  • furador de papel
  • tesoura
  • cola bastão
  • canetas coloridas
  • adesivossss!
  • régua pequena

Além disso, preciso imprimir algumas páginas.

  • calendário do ano
  • calendário do mês
  • folhas semanais
  • divisórias
  • to-do list

A pior parte foi o fichário. A segunda pior parte foi a ansiedade para a gráfica entregar as coisas.

ENTÃO EU FIZ TUDO NA MÃO.

mesa

Fui na papelaria e gastei 150 porque comprei canetinhas e cartolinas mas se nos atermos ao básico dá mais ou menos R$50. De importante, comprei o fichário, papel de presente, papel colorido de uma gramatura maior. Encapei bonitinho e adicionei uns adesivos.

Fazer as divisórias foi mais fácil do que imaginava. Cortei a página do papel colorido ao meio, fiz a abinha, grudei com cola.

Fiz o calendário do mês e as páginas da primeira semana.

.
.
.

Aí odiei tudo porque tava de TPM e não devia ter gasto tudo isso de dinheiro e tempo.

Keep calm and try again

Eu resolvi insistir porque quando imprimi uma folhinha só pra testar, já deu totalmente outra cara e achei possível. Além disso, quero guardar no fichário receitas, problemas de casa, pautas para o Diário de Bordo e um diário.

Sim escrevi os dias errados, 1 2 3 4 na página da direita e 5 6 7 na página da esquerda. Aí desisti de vez.
Sim escrevi os dias errados, 1 2 3 4 na página da direita e 5 6 7 na página da esquerda. Aí desisti de vez.

No Etsy tem várias opções dos modelos das páginas para imprimir. Gostei muito desse, da PolkaDot, que tá $10 (na cotação atual, sem brincadeira, R$40).  Mas uma amiga mora na Austrália e vai me dar de presente :3

Além disso tem alguns printables gratuitos que já ajudam a aplacar a ansiedade. Além disso ainda tem vários outros templates gratuitos no Pinterest.

Minha impressora ficou em São Paulo e estou chorando, porque seria muito melhor fazer tudo isso em casa; mas não vai dar, então vou passar na gráfica rápida e esperar um bom serviço.

E… Bem, nessa parte não chegamos ainda. Aviso vocês. Mas a esperança ainda não morreu. #drama

3 comments

  1. Oi Martinha, eu também estou apaixonada por planners pq recentemente eu percebi que tenho estado com um grau mais elevado de deficit de atenção…não sei como isso funciona direito…rs…mas minha terapeuta disse que organização ajuda muito e eu não sou a pessoa mis organizada do mundo…sou daquelas que chega em casa cheia de plano e se distrai com um copo na pia ou um filme ruim na tv…Acho que vou me jogar num planner assim como vc pq né R$420,00 não rola, amiga.
    Beijos.

  2. Eu admiro a sua força de vontade, inspiração e tentativas de DIY, porque eu sou um fracasso antes de começar. E também sou péssima para agendas, planners, etc, pois não consigo manter nada atualizado. Me dá preguiça, eu esqueço, me perco em joguinhos viciantes… mas, boa sorte nessa sua nova empreitada! E anote meu aniversário aí.

  3. Adorei as dicas !
    Farei exatamente como você !
    Estou em busca de fichário nesse momento rs
    Acho que terei que comprar uma impressora pq no final das contas compensa mais ter uma em casa e ir fazendo as coisinhas do na gráfica né ?
    R$ 420 sinceramente acho caro demais apesar de ser linda !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *